quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

NO WOMAN NO CRY


Tenho que vos falar deste livro! Um dos meus preferidos de todos os tempos! O testemunho da única mulher que provavelmente amou de verdade o rei do Reggae e que o dá a conhecer mais profundamente neste livro. Devo dizer que não esperem um “Best-Seller” porque não me parece que tenha sido esse o objectivo de Rita Marley (com a ajuda de Hettie Jones) ao publicar este livro.

Espera-vos acima de tudo, neste livro uma das mais sinceras histórias de amor de que há memória! Um testemunho que chega a ser comovente, porque ao retirar Bob Marley do pedestal, Rita humaniza-o destacando os seis extraordinários dotes musicais, que às vezes são, ainda hoje relegados para segundo plano quando se fala em Bob Marley. É também um importante contributo para conhecer melhor Bob Marley e a música e cultura jamaicanas.

A minha mais sincera opinião é de que existem pessoas que não cabem dentro delas próprias... que têm uma aura tão grande que não dá para viver muito tempo. Bob Marley era uma dessas pessoas. Ele partiu porque "nós" não estávamos preparados para ter um astro entre nós durante tanto tempo... muito se fala, mas pouco se diz sobre Robert Marley, mas nunca ouvi a ninguém dizer uma verdade inconveniente: Que se trata de um dos maiores pacifistas do século XX...!

Deliciem-se com alguns rasgos de genialidade do mestre...


"Dificil não é lutar por aquilo que se quer, é sim desistir daquilo que se mais ama. Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer


"Não ligo que me olhem da cabeça aos pés..porque nunca farão minha cabeça e nunca chegarão aos meus pés"

2 comentários:

  1. Nao me parece que o talento musical que Bob Marley possuiu seja relegado para segundo plano. Hoje toda as pessoas conhecem pelo menos uma musica do Rei, sendo a mais conhecida "No woman no cry". O que nao se conhece é vida amorosa que Bob Marley levava, infiel e promiscua... Mas tal como dizes Rita é unica mulher que amou o Rei do Reggae de verdade, mas o Rei do Reggae tambem so amou Rita de verdade...

    ResponderEliminar
  2. A minha opinião não é bem essa companheiro. Qualquer dia discutimos iso pessoalmente. vamos ter muitas oportunidades para o fazer, de certeza. Um forte abraço. passa sempre

    ResponderEliminar