quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Um (feliz) natal a todos!


Sucumbindo ao modelo social....
Um Feliz Natal a todos os meus amigos! Que o passem bem e na companhia dos que mais adoram!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Mundial 2018 na Rússia... grande tristeza!

Meus caros, boa noite.
É já alguns dias depois da polémica decisão que vos venho, aqui neste espaço quente e íntimo, partilhar a minha opinião sobre a decisão da FIFA ter atribuido à Rússia a organização do Mundial FIFA 2018...
Em primeiro lugar fico, claro, com pena que não seja Portugal e a Espanha a organizar o evento, mas também não me aborreceu assim muito porque fiquei com a sensação que as coisas não estavam muito bem divididas, em termos de louros na candidatura Ibérica... Adiante...
A questão mais importante, e que me preocupa que o Senhor Blatter não tenha pensado nela, é: NA RÚSSIA ESTÁ FRIO PRA CARAÇAS!!! estando um frio danado, digam-me, vocês, milhões de seguidores deste blogue... onde é que, estando frio, vamos ter estas meninas a festejar golos desta maneira...? ou simplesmente a dar largas ás bebedeiras?? com frio as pessoas vestem-se e isso é uma grande falha que devia ter sido tida em conta na candidatura Russa...

Enfim... depois não me digam que os jogos perdem a piada no intervalo que eu avisei com tempo!


Chamo a atenção para o nível de calor que esta senhora aparenta ter. Coisa que deixará de acontecer na Rússia. Ponto 1.


Embora não tanto transpirada, esta bela rapariga tem um top bastante justo que dá para uma pessoa se entreter com pensamentos nos 10 min de intervalo (os outros 5 foram para o xixi). Na Rússia esta bela deve andar de casaco de penas... ca noijo!! Ponto 2

Esta imagem está aqui só mesmo para vos mostrar que a malta das Coreias (neste caso do Sul) não ocupam o tempo só ás guerras. Também têm belas gaiatas. Espermos que se apurem porque estes são daqueles que mesmo com frio devem andar mais desnudados e tenho esperança que esta magana vá á Rússia!

adeus e até uma próxima!

domingo, 21 de novembro de 2010

Carta aberta ao meu amigo Davide:

De: António José Rodrigues, vulgo Tozé

Para: Davide

Caro amigo Davide, há uns anos que te conheço e nunca me tinhas falhado assim!
Caro aimgo Davide, tu que foste dos melhores do mundo enganas assim quem sempre te defendeu?
Há uns tempos fui até Londres, ao teu país... conhecer o que ainda não conhecia, e revisitar o que ainda me lembrava...
Eis que numa bela perfumaria londrina vejo um perfume teu, com um cheiro bastante agradável... a um preço que tornava aquilo (perfume mais frasco de sabe-se lá o quê) quase obrigatório de trazer para fazer inveja aos meus amigos "tugas". Chego a Portugal... abro a embalagem e eis que vejo no frasco que acompanhava o perfume o suposto gel duche... Gel duche esse que dizia: "For hair and body was"...
FOR HAIR AND BODY WASH DAVIDE?? FOR HAIR AND BODY WASH???!!!!
ou é pró hair ou é pro body!! e agora?? uso aquilo para o quê?
vou acabar por dar banho ao cão com aquilo porque agora se o uso no cabelo, faz-me mal pk era pro corpo... se o uso no corpo faz mal pk era pro cabelo!!
Assim, neste meu fantástico espaço, seguido por milhoes... digo que fui enganado e que o produto, ambora cheire mesmo bem... é algo enganoso!
Tenho dito davide... bom resto de dia aí pelos States!!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Sentir-me turista num sítio que já foi a minha casa é, no mínimo estranho...
4 dias em Londres... 4 dias especiais... 4 dias de sonho por tudo o que envolveram...
Londres é mesmo um mundo à parte!

I LOVE LONDON!!!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

JASUUUUUS!!

Ando aqui com um problema. Tenho uns sapatos novos para o trabalho. Isto porque me esqueci dos antigos em casa da minha namorad e só dei por isso a caminho de casa. Lá fui eu, trabalhador dedicado, à Modalfa comprar o que pensava que seriam os meus novos adereços laborais!
Calço os ditos, e eis que me umas horas depos me deparo com os pés em ferida...
Para que tenham ideia de como a coisa correu... Se em vez de andarem com coisas e pregar o senhor JC na cruz, lhe tivessem calçado uns destes, creio que o rapazinho aprendia a lição na mesma... só uma ideia... uns milhares de anos atrasada, mas mesmo assim... mais vale tarde que nunca...
sto aconteceu há umas duas semanas.... e eu ainda não morri... por isso estão a ver né'? tinha-se evitado um derrame de sangue... o choro... a ultima ceia (sim, que tanta comida não deve ter ficado barata)... Era só ter trocado uns pregos por uns sapatos da Modalfa... Mas não...




sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Sou só eu, ou o acordo ortográfico também vos veio dificultar a escrita?

"Para o agressor a mulher é um objecto de posse"

"Para o agressor a mulher é um objecto de posse". Não haveria melhor maneira de começar este post. ~
As queixas sobre violência doméstica têm aumentado nos últimos anos. Responsável da UMAR refere que há “maior atenção pública” para “este atentado aos direitos humanos”.
O ditado “entre marido e mulher não se mete a colher” parece começar a ser ultrapassado pela sociedade portuguesa. Hoje em dia, família, amigos ou vizinhos mobilizam-se para enfrentar o problema que se vive em muitas casas.
Na década de 90, em Portugal, de acordo com um estudo mencionado pela vice-presidente da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), Maria José Magalhães, “uma em cada três mulheres era ou tinha sido vítima de violência doméstica”. A activista considera estes números “uma realidade atroz”.
Maria José Magalhães refere que, apesar da evolução dos últimos anos, a lei actualmente “favorece os agressores”. Segundo a vice-presidente da organização, a revisão do código penal, nomeadamente o fim da prisão preventiva, faz com que as vítimas percam a “confiança de que podem e devem denunciar”.
Para a responsável da UMAR, é “incongruente” pedir às vítimas para denunciarem os seus casos, quando o que “as autoridades fazem é somente chamar a atenção do agressor”. A vítima continua exposta à violência e “a única alternativa que lhe resta é fugir”. Maria José Magalhães considera “ridículo” o facto de terem que ser as vítimas a abandonar a casa, classificando essa situação de “revitimização”.


“Um agressor é sempre um agressor. Eles batem, humilham, prendem, fecham à chave, tiram dinheiro, violam”, sublinha a vice-presidente. A vulnerabilidade da vítima perante o agressor deve-se sobretudo ao facto de as mulheres quererem ser perfeitas e, como não o são, “passam a vida a culpabilizar-se”, explica a responsável.



Números da violência doméstica em 2007-

21.907 vítimas procuraram ajuda na GNR e PSP;

14.534 queixas de violência doméstica registadas na APAV;

21 mulheres assassinadas e 57 tentativas de homicídio (UMAR)


Num país chamado de desenvolvido é URGENTE que se acabe cpom esta realidade! As leis continuam a proteger os agressores... A vergonha ainda é maior que auto-estima...

A revisão laboral ( e até de mentalidade) é urgente! Que supostos homens são estes? que Supostas leis são estas?


"GRITE, BERRE, DENUNCIE... E SE FOR PRECISO... USE O JOELHO!"

* realço que falo do fenómeno como se a mulher fosse a vítima, mas chamo a atenção para o facto de, cada vez mais o homem ser também victimizado!
* ARTIGO RETIRADO DA INTERNET

Hoje apeteceu-me falar-vos de uma questão que me tem alertado… Que aliás, já me preocupava mas que por razões que mais adiante vos explicarei, me voltaram à ideia…
Venho então falar-vos da mutilação genital feminina é uma prática realizada em vários países principalmente da África e da Ásia, que consiste na amputação do clítoris da mulher de modo a que ela não possa sentir prazer durante o acto sexual.
A circuncisão feminina é um termo que se associa a um determinado número de práticas incidentes sobre os genitais femininos e que têm uma origem de ordem cultural e não de ordem medicinal. É uma prática muito frequente em certas partes da África e é praticada também na Península Arábica e em zonas da Ásia. A prática da circuncisão feminina é rejeitada pela civilização ocidental. É considerada uma forma inaceitável e ilegal da modificação do corpo infligida àqueles que são demasiado novos ou inconscientes para tomar uma escolha informada. É também chamada de mutilação genital feminina. A circuncisão feminina elimina o prazer sexual da mulher. A sua prática acarreta sérios riscos de saúde para a mulher, e é muito dolorosa, por vezes de forma permanente.
Foi no contexto de querer saber mais sobre esta atrocidade que deu de caras com uma personagem que tenho que vos falar. Waris Dirie, um exemplo, no verdadeiro sentido da palavra.
Waris Dirie é actualmente embaixadora da ONU. Escreveu vários livros sobre as suas vivências e foi tema de um filme "Flor do Deserto", lançado em 2010 no Brasil. Existe uma fundação com o seu nome.
Para completar a pesquisa, fui então ver do dito filme. “Flor do Deserto” é uma lição de vida, de força, de acreditar. Uma prova de que quando se quer, tudo é possível.












"Porque é que quer ser modelo? E não me diga que é para ganhar dinheiro e essas coisas porque isso é para muito poucas”

“Eu quero ser modelo, porque sempre é melhor do que andar a esfregar o chão. Eu quero uma vida melhor”



Divinal… Vejam o filme!

sábado, 31 de julho de 2010

Vinha hoje para o trabalho "cheio de vontade"... sono, moleza no corpo... Tudo a mandar dicas para voltar para a cama... Eis que, a caminho vi uma coisa que me fez pensar: Uma mãe coelho (uma coelha, lá está) e uns... 7 coelhinhos pequenos com ela a atravessar a estrada. Uma visão brutal logo pelas 7 da manhã.
Ora se a mãe coelha ás 7 da manhã já anda a ajudar os seus filhos coelhos a atravessar a estrada (Um perigo porque nem toda a gente pára como eu, que eles não estavam numa passadeira), a ver de comida... porque é que eu não posso ir trabalhar? né?
Epifanias....

quinta-feira, 22 de julho de 2010

tenho dito...


Odeio toda e qualquer pessoa que esteja na praia e mo venha dizer! =)

Trabalho num hotel no interior de Portugal e não tenho essas "mordomices" à porta de casa...


terça-feira, 6 de julho de 2010

God bless os GNR's

God bless os GNR's (os senhores da autoridade, que os músicos, Deus os benza). Há uns dias fui salvo por dois senhores fardados com as fardas mais odeadas em Portugal. Ia eu todo relax em direcção à casa da minha namorada quando, parando num cruzamento, fiquei sem caixa de velocidades....
Ora, estava ao mesmo tempo a acontecer uma Operação STOP... os senhores, vendo que eu estava realmente atrapalhado com a situação, foram verdadeiros heróis. Meteram-me o triângulo, ajudaram-me a empurrar o carro para a berma, e ainda me meteram a par dos meus direitos com a seguradora.
Afinal ainda há quem faça mais do que estar de farda da GNR a multar sem sentido... Ainda há quem faça mesmo um bom trabalho.
God bless aquelas duas almas.

sábado, 19 de junho de 2010

A África do Sul é, no ano de 2010 anfitrã do primeiro Campeonato do Mundo de futebol disputado em solo africano. Um facto a festejar, sem dúvida. Desde logo a confiança depositada por um dos órgãos mais poderosos do mundo, num continente devastado pela criminalidade, pela pobreza e pelas doenças.
Há toda uma euforia em torno deste campeonato... Mas, à imagem do que ficou por mostrar na Coreia e no Japão, também na África do Sul, o que não convém, nã vem a público, nem faz parte dos cartazes ou dos clips das televisões que fazem as coberturas televisivas. Seria pedir demais que se utilizasse o mediatismo do FIFA World Cup 2010 para dar destaque e, quem sabe sensibilizar o mundo para o facto de 30 em cada 100 sul africanos estar infectado com o Vírus do HIV??? (só par dar um exemplo).
Sempre tive um fascínio enorme por África, e pela cultura africana. Tenho ainda o sonho de um dia tirar uma foto na estepes africanas =)
Além das vuvuzelas, do Nelson Mandela... do rugby... A África do Sul tem das coisas que mais admiro: Uma cultura musical popular absolutamente genial!! A mais conhecida será tavlez a Shosholoza. Uma música que diz qualquer coisa como "Vamos lá"... cujas origens são ainda um tanto ou quanto dúbias. Umas das hipóteses é que tenha sido a tribo zulu que a cantava ao ir para o trabalho e para a... guerra.
Queria partilhar esta admiração com quem segue este espacinho. Fica um pequeno "rebuçado" de uns meninos a cantar a música.
De notar que eles são cerca de 50 alunos de uma escola... Ou seja... cerca de 15 estão infectados com o vírus do HIV... Fica o alerta.



http://www.youtube.com/watch?v=sueKQ2BTkCk

sábado, 29 de maio de 2010

Hoje vou de folga dois dias.... vou para casa... Já há muito tempo que não passo lá os meus tempos livres. Já tenho saudades do céu de verão à noite em Avis.... Tenho mesmo. Tenho aliás a sensação que nos próximos dias ele será ainda mais especial.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Ontém, eram cerca de umas 23:25 saí de Portalegre. Pela primeira vez em seis anos estava triste. Tinha um nó na garganta do tamanho do mundo. Era como se o mundo estivesse a acabar, embora saiba que mais cedo que tarde, vou voltar a estar com ela.
Como é que, em dois meses se sentem coisas de anos?
Como é que, em dois meses se têm certezas que nunca se tiveram antes?
Como é que em dois meses se gosta tanto?

Quem disse que as férias faziam bem?

Estive de férias 15 dias e regressei hoje ao trabalho. Quem disse que as férias faziam bem? O primeiro dia de trabalho está-me a parecer um pouco cm deve ter parecido ao JC ter sido pendurado na cruz e sentir os preguinhos e entrar pelas mãos (Ou pelos pulsos, lá está).
Save me...!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

As vezes perguntam-me porque é que eu gosto tanto dela. Já me fizeram essa pergunta mil e uma vezes e, até há pouco tempo, ou não sabia responder, ou a resposta que dava nem a mim me convencia.
Há uns dias tive um daqueles momentos que aprecio bastante, de introspecção e de ver no que a minha vida estava e no que está agora. Dei comigo orgulhoso daquilo em que me tornei. Do que já fiz, e dos planos que tenho e, agora, tenho a certeza vou concretizar.
Eu gosto da cidade de Portalegre, porque foi lá que me fiz homem. Foi lá que passei os melhores momentos da minha vida até agora. Foi lá que conheci as pessoas que mais me fascinaram, que mais me marcaram até agora. Tenho orgulho no que me tornei, já o disse atrás.... Talves seja um sentimento de gratidão, um sentimento de dívida que tenho para com aquele sítio. Quando estou a chegar, e vejo a Sé... vejo a Penha... sinto que respiro melhor. Percebo que, quando não estou lá, estou como que amordaçado. Sinto que quando estou lá, sou eu... verdadeiramente eu...
Da próxima vez que me fizerem a pergunta, vou andar com este post impresso. Acho que explica bem a coisa.
Um abraço, até breve.

sábado, 10 de abril de 2010

QUEM SÃO OS DONOS DAS ESTRADAS?

Há uns dias consegui finalmente arranjar uma folga para a passar com os meus pais =) De maneira que fomos dar um passeio, almoçar fora e essas coisas que se fazem pra comemorar o "fim" das saudades.

No caminho, apercebi-me de uma coisa, uns quantos de acontecimentos que me deram resposta a uma pergunta que de vez em quando eu fazia a mim mesmo: "Quem são os donos das estradas de Portugal?!"... Muitas respostas, mais ou menos plausíveis poderiam surgir (desde logo as Estradas de Portugal, a Brisa... etc). Enganem-se meus caros... os donos das estradas de Portugal são... .... ... Toda e qualquer pessoa que conduza um carro descapotável! Pode parecer estranho mas né verdade. Eles lá andam nas "suas" estradas, de braço na porta, cabelo ao vento... e principalmente a ocupar a via TODA. Nós, que só temos as estradas alugadas, por termos carros "normais", temos que ver estas pessoas, perceber que são eles os donos da área e, ou encostar (que é o mais seguro), ou então arriscar a mantermo-nos na nossa via e ficar sem um espelho.


Tenho dito.






















...


Ainda nem está à venda em Portugal, e eu já estou em pulgas para o ouvir. Diz que já está encomendado... =)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

My Redemption Space, de cara lavada e a preparar o regresso! Reboot!!!
Seguem novidades em breve. Prometo eu a quem segue este blog (ou seja, a mim!)

sexta-feira, 12 de março de 2010

Para bom entendedor meia palavra basta, já dizia o outro...
Há pessoas singulares, lá isso há. Já tive o prazer de privar com algumas. Quando essas nasceram até Deus deve ter dado uns quantos pinotes de felicidade.
Comigo não, quando eu nasci, ficou tudo como estava. Não houve danças indigenas, o sol não escureceu... muito menos nasceu uma nova estrela no céu.
A única coisa que pode ter acontecido foi a minha mãe, coitada que deve ter agradecido por as dores terem parado... e deve ter sorrido em forma de vitória. O dia continuou a ter 24 horas, os minutos continuaram a ter 60 segundos...
Comigo não houve nada disto... é porque (graças a "deus") eu sou do mais normalinho que há. Não há nada de especial em mim...
A não ser se calhar o facto de ser do Sporting...! isso sim, é singular! :)

quinta-feira, 11 de março de 2010

A minha música do momento...! Ora oiçam lá e vejam se não é viciante. Que o Timbaland só sabe fazer música boa, já eu sabia... Agora esta menina... está muito bem!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Sai mais uma apresentação!

Olá meus caros,
Eis que vos trago mais uma recordação minha! Esta fotografia serve para vos apresentar a minha "irmã" mais nova. lol...
A menina bonita que estão a ver na fotografia é a Ana Leal. Se é que é possível amar sem haver vontade de envolvimento físico, eu amo esta rapariga. Desde o primeiro dia que a vi na sala de aula que axava que a minha relação com ela não ia ser igua à que teria com as outras raparigas. E não me enganei. Deu-me conselhos, berrou comigo quando teve que o fazer, safou-me em muitas ocasiões... e sem se aprerceber foi uma das maiores ajudas que tive num dos piores momentos da minha estadia em Portalegre.
É assim como o Luis Figueira... a vida afastou-nos mas não há dia que não pense nesta pessoa. Se está bem, se anda feliz... preocupo-me com ela... afinal somos irmãos... Digo-vos sem sombra de dúvidas que é das pessoas que mais admiro na vida! E olhem que não sou de me impressionar com facilidade, e de admirações fáceis. A força e a determinação com que encara as coisas faz-nos mesmo acreditar que vamos ser grandes e que o futuro só pode ser risonho.
Que saudades eu tenho desta pessoa...




domingo, 14 de fevereiro de 2010

E a segunda fotografia ééé...

Como já tinha dito, o novo rumo deste meu espaço vai levar-me a mostrar-vos fotos minhas que quero partilhar com vocês.
A primeira foi da minha tuna, como não podia deixar de ser... Talvez o meu grande amor de Portalegre, ou pelo menos, das melhores coisas que aquela cidade me deu.
Esta segunda fotografia que vos trago foi tirada no dia da minha queima das fitas. Por causa do Processo de Bolonha, tive o privilégio de "queimar" com uma das pessoas que mais me marcou em Portalegre. O meu afilhado Luis Figueira.
A história desta foto, é então a seguinte: Quando o Figueira era caloiro, um dia saímos juntos, e esta tampa que estou a dar-lhe era de uma garrafa que nós tinhamos. Quando acabou o que tin ha dentro da garrafa, deitei fora e dita e fiquei c a tampa. ele lá me perguntou porque, e eu disse que ainda podia vir a precisar dela. Vida de estudante era assim...
Disse-lhe ainda que aquela tampa só haveria de desaparecer do meu capote quando ele, queimasse fitas (Sem nunca saber que seria comigo). O que estão a ver sou eu a dar-lhe a tampa, que ficou três anos no meu capote, para irmos os dois queimar. Um momento especial, simbólico mas que emocionou à quinta casa.
O Figueira não gostava muito de mim quando me conheceu, confessou-me ele uma vez. Duas semanas depois era padrinho de baptismo dele em Portalegre. Do nada construimos uma amizade de que me orgulho... Tenho orgulho nele... Como estudante, e como pessoa, sem me é sequer permitido tal coisa.
As nossas vidas levaram-nos para longe, agora falamos menos, mas este rapaz é daqueles de quem mais me lembro no dia a dia...
Resumindo, espero que ele tenha tanto orgulho em mim quanto eu tenho nele.


Seguem-se mais fotos...

Mais histórias...

aguardem....


Afinal isto de ser doutor... que choque! ;)

Ontém estava eu aqui muito descansadinho no trabalho, ia mesmo mesmo a sair e acontceu-me uma coisa que após poderação decidi partilhar.
Estava uma senhora a fzer o check out e a reclamar, bsaicamente por tudo... eu, decidi perguntar-lhe o nome para ver na reserva o que se tinha passado de mal.
O discurso foi o seguinte:

ToZé: "Então e a senhora está em que quarto?"
"senhora": "Eu estou no 112"
Tozé: "Então é a senhora..."

e antes que eu conseguisse sequer acabar, recebo esta bomba educaional:
"Senhora deve ser quem lhe limpa a casa, eu sou a Doutora X"

eu, educadamente, baixei a cabeça e disse: "Com certeza"
Só para que saibam que chamei aquela pessoa os piores nomes do mundo, nomes que acho nunca ninguém lhe chamou.
Esta doutora, onde quer que tenha estudado, no plano de estudos daquela universidade não havia a parte da educação. Mas também a educação é daquelas coisas que não se compra. Ou se tem ou não se tem, e esta senhora pelos vistos não a tinha.

'tá dito!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Acho que nunca tinha escrito nada desta género aqui no meu blog. Aqui vai uma opinião sobre um assunto sério.
Hoje ouvi que, um tal de TóJó, que em 2009 matou os pais com 33 facadas está na cadeia, e está a tirar um curso pela Universidade de Coimbra... curso esse, de DIREITO!!! Eu já me posso revoltar com isto porque são os meus descontos ao fim do mês que lhe estão a pagar o curso. Tendo em conta que este senhor matou duas pessoas, a única coisa a que ele deveria ter direito era mesmo ao resto da vida na cadeia, mas em vez diss... daqui a 15 anos está cá fora, pronto para julgar os outros, muitos deles por delitos muito menores do que aquele que o próprio cometeu.
As prisões pelo que me dizem, devem ser sitios onde os criminosos encontram a redenção dos crimes que fizeram. Pois bem, não sou a favor da pena de morte, mas sou a favor de a substituir pela prisão perpétua.
Nem tanto ao mar nem tanto à terra... Não vamos matar o homem que a vida humana não é de ninguém para acabar... mas também não lhe vamos oferecer um curso superior na Universidade de Coimbra não é?
Como está Portugal no ano de 2010...

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Desejo...

Com este post chego áos 100 posts publicados. Desde o início deste espaço que o que tenho escrito, tenho-o feito para mim, e depois para as poucas pessoas que o seguem. Queria aproveitar para lhes dizer que espero que continuem a aparecer e que tragam mais amigos.

O que me apetece dizer agora é o seguinte:
* Ando chateado com o que vejo na televisão. Com o que oiço nas ruas. Com o que vejo acontecer...
Desejava que as pessoas se gostassem mais, e que percebessem que fazendo isso seriam mais gostadas,
Desejava que as pessoas tivessem amigos à séria, mesmo que ás vezes eles lhes digam o que não querem ouvir, mas que tenham coragem de o dizer,
Desejo que pelo menos num desses amigos pudessem confiar cegamente,
Porque a vida também se faz deles, desejava que tivessem inimigos... Nem muitos nem poucos. Em número suficiente para valorizar os amigos,
Gostava que as pessoas se sentissem úteis mas que não caíssem no erro de se sentirem insubstituíveis,
Desejava que as pessoas fossem mais tolerantes. Não com os que erram pouco, com esses é fácil. Com os que erram muito e de forma irremediável,
Desejava que se falasse menos e fizesse mais...
...
...
Goatava de tanta coisa, eu...



Desculpem lá o desabafo!

Sou capaz

Sou capaz do melhor e do pior,
Sou capaz da atitude mais altruísta e de a seguir ser o mais egoista que imaginam,
Sou capaz de querer abraçar o mundo e de o mudar sozinho, e sou capaz de não ver para além do meu umbigo,
Sou capaz de uma atitude da sensatez de um velho do Restelo e de a seguir ter uma da irresponsabilidade dos putos que vão de viagem de estudo ver Belém,
Sou capaz de amar e de odiar ao mesmo tempo a mesma pessoa,
Sou capaz de chorar com uma só palavra e de a seguir ver a maior das catástrofes e não sentir nada,
Sou capaz de me dar de uma só vez e de cortar relações, num só momento,
...
...
...
Sou capaz disto tudo e de muito mais!


Já ha uns tempos que não escrevia aqui nada mesmo meu. Foi isto que me apeteceu dizer agora.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Esta fui buscar ao meu baú...

Andava eu a ver de cd's para meter no meu carro dei com um cd que comprei já há uns anos... "Automatic for the People" dos R.E.M... além de ser um cd brutal, tem esta música que é uma das minhas preferidas de sempre... Ora vejam...


Quando uma tuna de Portalegre vai à cidade dos estudantes com duas violas, um bandolim, um bombo e umas pandeiretas e sai de lá como nós saimos está tudo dito.
II Festival de tunas Entretunas. Aqui a tuna foi grande. Era tão bom que algumas coisas voltassem a ser como eram...

um novo rumo...

O meu espaço vai ganhar um novo rumo. Não vou deixar de escrever, como sempre fiz, sobre o que me der na real telha, mas agora tive esta ideia...
Andava a ver fotografias... umas mais velhas outras mais antigas... A partir de agora vou meter fotos no blog e contar uma história que tenha a ver com ela, meter uma frase que a explique... enfim... dar-lhe algum significado. Vamos ver se corre bem...
E a primeira foto é....

Um momento absolutamente soberbo...

Mato uma data de coelhos de uma só vez...

Ora terminado o 1º periodo de sugestões de temas para o ToZé escrever (agradeço a quem me ajudou) aqui vão as respostas ás pessoas amigas que se dignaram a tirar um tempinho para vir aqui ao meu espacinho:
Em primeiro lugar, Sara... até poderia escrever sobre ti... não seria dificil de todo, uma vez que em relação à tuna, por exemplo tiveste uma influência na minha forma de ver e de sentir as coisas. Parece parvo mas é verdade =).
Em segundo, à Mel... é engraçado que fales em Portalegre. Já dediquei um post à cidade que me acolheu durante cinco magníficos anos. Um post bastante comentado, não aqui mas entre conversas de amigos que gostaram do que escrevi. Agora não me recordo o título que lhe dei mas dá uma olhadela pelos posts mais antigos que está lá. Assim aproveitas e lês outros também bacanos, que eu, não achando que sou o guru da escrita acho que tenho uns, até bem conseguidos.
Em relação a falar sobre os nirvana, dei uma olhadela pelo teu blog, e acho que nisso és tu perita. Gostei do blog, acho que reflecte uma verdadeira fã dos Nirvana. Parabéns!
Mas também há novidades... seguem no post seguinte...

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Depois não querem que me revolte...

Tragédia no Haiti...
milhares morrem e outros tanto ficam debaixo de escombros e um número igual de desalojados...
Os países da UE mandam milhões em euros, mesmo estando a atravessar um deserto chamado crise...
Os EUA, a nação mais poderosa do mundo, manda também dinheiro para ajudar os sobreviventes...
Para quem não sabe, eu fui investigar e percebi que, se a igreja abdicasse da riqueza que tem acabaria com cerca de 70% da pobreza DO MUNDOOOO...
Tendo em conta isto, a igreja, e muito bem, deu ao haiti... PRECES... REZAS... Depois querem que nao me revolte??? não é fácil...