terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Desejo...

Com este post chego áos 100 posts publicados. Desde o início deste espaço que o que tenho escrito, tenho-o feito para mim, e depois para as poucas pessoas que o seguem. Queria aproveitar para lhes dizer que espero que continuem a aparecer e que tragam mais amigos.

O que me apetece dizer agora é o seguinte:
* Ando chateado com o que vejo na televisão. Com o que oiço nas ruas. Com o que vejo acontecer...
Desejava que as pessoas se gostassem mais, e que percebessem que fazendo isso seriam mais gostadas,
Desejava que as pessoas tivessem amigos à séria, mesmo que ás vezes eles lhes digam o que não querem ouvir, mas que tenham coragem de o dizer,
Desejo que pelo menos num desses amigos pudessem confiar cegamente,
Porque a vida também se faz deles, desejava que tivessem inimigos... Nem muitos nem poucos. Em número suficiente para valorizar os amigos,
Gostava que as pessoas se sentissem úteis mas que não caíssem no erro de se sentirem insubstituíveis,
Desejava que as pessoas fossem mais tolerantes. Não com os que erram pouco, com esses é fácil. Com os que erram muito e de forma irremediável,
Desejava que se falasse menos e fizesse mais...
...
...
Goatava de tanta coisa, eu...



Desculpem lá o desabafo!

1 comentário: