terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Sou capaz

Sou capaz do melhor e do pior,
Sou capaz da atitude mais altruísta e de a seguir ser o mais egoista que imaginam,
Sou capaz de querer abraçar o mundo e de o mudar sozinho, e sou capaz de não ver para além do meu umbigo,
Sou capaz de uma atitude da sensatez de um velho do Restelo e de a seguir ter uma da irresponsabilidade dos putos que vão de viagem de estudo ver Belém,
Sou capaz de amar e de odiar ao mesmo tempo a mesma pessoa,
Sou capaz de chorar com uma só palavra e de a seguir ver a maior das catástrofes e não sentir nada,
Sou capaz de me dar de uma só vez e de cortar relações, num só momento,
...
...
...
Sou capaz disto tudo e de muito mais!


Já ha uns tempos que não escrevia aqui nada mesmo meu. Foi isto que me apeteceu dizer agora.

1 comentário:

  1. gostei tanto deste.. por segundos vi-me a mim com essas palavras. :)

    adriana.

    ResponderEliminar