terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Acho que nunca tinha escrito nada desta género aqui no meu blog. Aqui vai uma opinião sobre um assunto sério.
Hoje ouvi que, um tal de TóJó, que em 2009 matou os pais com 33 facadas está na cadeia, e está a tirar um curso pela Universidade de Coimbra... curso esse, de DIREITO!!! Eu já me posso revoltar com isto porque são os meus descontos ao fim do mês que lhe estão a pagar o curso. Tendo em conta que este senhor matou duas pessoas, a única coisa a que ele deveria ter direito era mesmo ao resto da vida na cadeia, mas em vez diss... daqui a 15 anos está cá fora, pronto para julgar os outros, muitos deles por delitos muito menores do que aquele que o próprio cometeu.
As prisões pelo que me dizem, devem ser sitios onde os criminosos encontram a redenção dos crimes que fizeram. Pois bem, não sou a favor da pena de morte, mas sou a favor de a substituir pela prisão perpétua.
Nem tanto ao mar nem tanto à terra... Não vamos matar o homem que a vida humana não é de ninguém para acabar... mas também não lhe vamos oferecer um curso superior na Universidade de Coimbra não é?
Como está Portugal no ano de 2010...

1 comentário:

  1. Esse senhor pode tirar o curso de direito, mas nunca vai poder exercer, os advogados não podem ter cadastro.
    Com sorte vai poder trabalhar numas finanças ou afins, por isso não acho mal

    ResponderEliminar